SEJA BEM VINDO

SEJA BEM VINDO

domingo, 23 de novembro de 2014

O cônsul do Líbano em São Paulo, Kabalan Frangie, recebe para a I Degustação de Vinhos do Líbano, na casa consular.


O Consulado do Líbano de São Paulo vai sediar, no final de novembro, uma inédita degustação de vinhos libaneses no Brasil.O cônsul do Líbano Kabalan Frangie, recebe para a “I Degustação de Vinhos do Líbano”, na casa consular, no Jardim Paulista, dia 27/11.

O Líbano, país do Oriente Médio de ancestral cultura vinícola que data de mais de cinco milênios, teve sua atividade empresarial ressurgida a partir da década de 90, com uma produção anual de 8 milhões de garrafas. Três deles dominam o mercado: Chateau Ksara Kefraya   e o valoroso Musar.

A maior parte dos vinhedos estão localizados numa região chamada Vale do Bekaa. Predominam as uvas francesas, como cabernet sauvignon, cinsault, carignan, syrah e petit verdot, os vinhos são visões das regiões de Bordeaux e do Rhône, na França, em solo libanês. Assim,  os rótulos disponíveis são sempre de mesclas de uvas.

Enoturismo:Hoje, há pelo menos seis vinícolas no Vale do Bekaa que recebem visitantes regularmente. As visitas podem ser combinadas com interessantes passeios, tais como às ruínas romanas de Baalbek e Anjar, à cidade de Zahle, à tumba de Noah em Kerak, aos pântanos de Amiq, ao monastério jesuítico de Tanail e ao lago de Quaroun.Château Kefraya possui uma sala para degustação de vinhos, um sofisticado restaurante de culinária local e uma galeria de arte libanesa. Já no Château Ksara é imperdível a visitação às suas caves subterrâneas. O Domaine Des Tourelles, em Chtaura, oferece visitação às suas centenárias instalações.Massaya dispõe de renomado restaurante de culinária libanesa, cujos pratos são produzidos com ingredientes locais, nos sistema "all-inclusive". O Château St. Thomas, a oeste do Vale, oferece degustação de vinhos e licores. A Cave Kouroum dispõe de sala de degustação de vinhos, restaurante e pousada.