SEJA BEM VINDO

SEJA BEM VINDO

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Game of Thrones wines


Bob Cabral tem se envolvido em crescer e fazer vinho desde a infância ajudando o avô a fazer vinho. Fazendeiro e cultivador de uvas da quarta geração, ele tomou tudo o que ele aprendeu na fazenda familiar perto de Escalon, Califórnia, e aplicou-o em seus diplomas na Universidade Estadual de Fresno
Um fã de Game of Thrones, Bob foi desafiado a elaborar vinhos para combinar a força dos personagens e o terreno de seus reinos. A meticulosidade e a paciência de Bob renderam vinho que incorpora o espírito da série HBO®.
Enquanto Bob fez o vinho profissionalmente por mais de 30 anos, ele acredita que ele ainda não fez seu melhor vinho. Isso vem de alguém que plantou e produziu o primeiro Pinot Noir de 100 pontos do Williams Selyem Estate Vineyard, onde trabalhou por mais de 16 anos e criou mais de 100 vinhos classificados na categoria de 95 a 100 pontos. Em 2011, ele foi homenageado com o Wine Star Award da Wine Enthusiast Magazine como Winemaker of the Year.

Miolo é eleita ‘Melhor vinícola para se visitar’


Impossível falar de vinho fino brasileiro e não pensar na Miolo.” Assim começa a descrição da vinícola nas páginas dedicadas à marca no Guia de Vinícolas Brasil & Uruguay, lançado pelo escritor Flávio Faria, que mapeou 60 vinícolas dos dois países e consagrou a Miolo com a honraria máxima de três estrelas


A marca também recebeu o prêmio de ‘Melhor vinícola para se visitar’ e figurou o Top 3 das categorias Vocação Turística e Visita TécnicaPioneira no enoturismo na Serra Gaúcha, a Miolo é a primeira vinícola brasileira a criar um espaço exclusivo e integrado à natureza, o Wine Garden, que oferece aos turistas um charmoso piquenique harmonizado com vinhos e espumantes.

Também é a única vinícola na América do Sul a idealizar um curso destinado à formação de enólogos amadores, o Projeto Winemaker, que conta com a supervisão do enólogo da família, Adriano Miolo, e onde cada um aprende a elaborar o próprio vinho. São quatro encontros presenciais que acontecem no intervalo de um ano e meio e incluem aulas e visitas exclusivas aos vinhedos do grupo.

Minicursos de degustação e visitas guiadas com acompanhamento de enólogos da Miolo também são outros dois grandes atrativos aos milhares de turistas que visitam a região anualmente.

“Estamos honrados com o destaque que recebemos do Guia. . Isso reforça a tradição da Miolo na  elaboração de vinhos brasileiros e atesta nosso pioneirismo no Enoturismo no Brasil”, comemora Adriano Miolo, superintendente da marca.

Além de um breve relato sobre a história da Miolo e os principais projetos da empresa no texto intitulado ‘Cada vez melhor’, o Guia destacou quatro rótulos: o Quinta do Seival Alvarinho, como um dos melhores brancos da publicação; o Miolo Cuvée Giuseppe Chardonnay, descrito como “tudo o que se espera de um Chardonnay: cremosidade, volume em boca e os aromas típicos da casta, como abacaxi”; o Miolo Lote 43, um dos emblemas da casa; e o Miolo Merlot Terroir, com notas trufadas e terrosas.

O Grupo Miolo possui projetos em 4 regiões do Brasil com vinhedos próprios: em Bento Gonçalves (RS), no Vale dos Vinhedos - Vinícola Miolo (100 hectares); em Candiota (RS), Campanha Meridional - Vinícola Seival (200 hectares); em Santana do Livramento (RS), Campanha Central - Vinícola Almadén (450 hectares); e em Casa Nova (BA), Vale do São Francisco - Vinícola Terranova (200 hectares).

Caso quiserem relembrar nossa visita a miolo:https://apreciadorasdevinhos.blogspot.com.br/search?q=miolo

Miolo | loja.miolo.com.br
 Informações  concedidas por : CH2A Comunicação

RECÉM-LANÇADOS, MINAS, MARGEM E VV47 CONQUISTAM DESTAQUE NAS MAIS INFLUENTES PREMIAÇÕES DO SETOR


Aqui tivemos a oportunidade de conhecer Nuno Cabral, que é diretor de Murças e o delicioso vinho : https://apreciadorasdevinhos.blogspot.com.br/2017/05/wine-day-qualimpor-lancamentos-esporao.html


Minas, Margem e VV47, os novos vinhos da Quinta dos Murças produzidos sob a supervisão do enólogo José Luis Moreira, recém-lançados no mercado mundial, já possuem prêmios e pontuações de destaque nos mais importantes concursos do mundo.


Murças Minas 2015 garantiu a Medalha de Ouro do Mundus Vini – Spring Tasting, o maior concurso de vinhos da Alemanha, e 90 pontos no prestigiado International Wine & Spirit Competition (IWSC). Resultado de sua exposição de até 300 metros de altitude, Minas é um vinho concentrado, com fruta madura, em equilíbrio com a frescura característica de Murças, reforçada pela presença de minas de água na sua encosta.encosta.

Murças Margem 2015 teve grandes pontuações em duas importantes publicações norte-americanas: na revista Wine Enthusiast recebeu 91 pontos e na Wine Spectator, 90 pontos. As vinhas que dão origem a este vinho localizam-se junto ao rio Douro a baixa altitude, fato que conjugado com a exposição solar e ao terroir confere às uvas uma maior concentração e maturação. Margem é um vinho de terroir, com um perfil inovado



Já o Murças VV 47 2012 obteve excelente pontuação da Wine Enthusiast: 95 pontos, garantindo distinção na lista “Top 100 Cellar Selection” da publicação. Produzido apenas em anos de safra excepcional, o VV47 é um vinho raro e especial, pois representa um marco na região vitivinícola e na história. A Quinta dos Murças possui a primeira vinha vertical plantada no Douro, em 1947.
vinhos Assobio e Murças Reserva também receberam prêmios de peso:


Assobio Branco: Medalha de Ouro no Sakura Wine Awards, Japão (safra 2015).
Assobio Tinto: 90 pontos na Wine Spectator (safra 2014), 94 pontos na Wine Enthusiast (safra 2011), Medalha de Ouro na Mundus Vini (safra 2012) e Medalha de Prata na Mundus Vini (safra 2014).
Murças Reserva: 94 pontos na Wine Enthusiast (safras 2010 e 2011), 94 pontos na IWSC (safra 2011), Medalha Grand Ouro na Mundus Vini (safra 2011) e 95 pontos na Decanter Awards (2011). 
Todos os vinhos da Quinta dos Murças fazem parte do portfólio de produtos da Qualimpor e podem ser encontrados em empórios e lojas especializadas de todo o Brasil.


Quinta dos Murças: Localizada no centro da DOC Douro, a Quinta foi adquirida pelo Esporão em 2008 devido suas condições e diversidades. Possui um terroir muito marcado pelas montanhas, altitude, solos xistosos e pelo clima característico do vale do rio Douro.
Nas vinhas foram plantadas dezenas de castas autóctones, segundo Produção Biológica e Produção Integrada. Seu enólogo, José Luis Moreira, procura conhecer de forma particular cada parcela, cada vinha, cada unidade de terroir e toda diversidade da Quinta: “Só assim acreditamos ser possível perceber, interpretar e exprimir a diferenciação e perfil dos vinhos".

(11) 5181-4492/www.qualimpor.com.br;
Informações- Tema Assessoria de Comunicação-Gabriela Galvêz


Vinho Santa Carolina Gran Reserva Petit Verdot

Uvas: Petit Verdot;
Região Valle del Rapel;
Cor : violeta;
Aroma: madeira, frutos negros, com um toque de cravos, notas de vanila, cedro e pimenta branca;
Paladar:Complexo e com grande personalidade;
Potencial de guarda:05 à 7 anos;
12 meses em barrica de carvalho francês e americano.

Esse vinho é marcante e excelente..recomendamos. Como ele é um vinho mais encorpado preferencialmente combina com carnes vermelhas. Nós optamos por um risoto de Shitake que é feito com caldo de carne..combinou perfeitamente.
Para acompanhar :batatas com alecrim e pasta de berinjela com nozes.

Uma dica para fazer sua pasta de berinjela ficar com um sabor bem gostoso é :
  • cortar as berinjelas ao meio e fazer cortes em formato de jogo da velha na parte  de dentro;
  • Colocar por 10 minutos na água com vinagre(deixar de molho);
  • Retirar do recipiente a berinjela e colocar em uma forma com azeite, pimenta e sal e acrescentar um alho com casca ao lado, assim colocar no forno até amolecer a polpa da berinjela;
  • Retirar com uma colher o miolo da berinjela e amassar, acrescentar nozes e cebolinha e servir.

Esperamos que tenham gostado da dica. Tim Tim!
Caso quiserem relembrar nossa visita a vinícola Santa Carolina:https://apreciadorasdevinhos.blogspot.com.br/2017/06/vinicola-santa-carolina.html

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Bodega Garzón traz Francis Mallmann ao Rio Gastronomia, edição 2017.



Informações imprensa: Cristina Neves Comunicação & Eventos

Bodega Garzón, um dos mais arrojados projetos vinícolas do mundo, traz ao Brasil o renomado chef de cozinha Francis Mallmann. Consultor do restaurante da vinícola, Mallmann vem ao Brasil para participar do evento Rio Gastronomia, organizado e promovido pelo jornal O Globo.


As Apreciadoras de Vinhos tiveram  a oportunidade de conhecer o renomado Chef quando fomos ao Chile este ano : 

Nos deliciamos com um prato maravilhoso no restaurante do Chef:

Constituído de palestras, workshops e degustações, a participação de  Mallmann promete ser um dos pontos altos do evento neste ano. Sua participação, já com os ingressos esgotados, servirá para contar um pouco de sua experiência neste incomparável restaurante de Garzón, além de uma harmonização com os vinhos e azeites da vinícola. A palestra contará, também, com a presença de Christian Wylie, Managing Director do Grupo Garzón e do enólogo German Bruzzone.

SERVIÇO:
O GLOBO - Rio Gastronomia 2017
* Prova de Vinhos Uruguaios – Bodega Garzón – sábado 5 de agosto às 15h30
* Bodega Garzón traz Francis Mallmann  – A Carne é forte – sábado 5 de agosto às 19h30




A Bodega Garzón é uma propriedade familiar emergente no encantador país do Uruguai, liderada por Alejandro P. Bulgheroni, que produz vinhos finos de primeira qualidade, de limitada produção elaborados a partir de videiras plantadas em parcelas de cultivo sustentável. A Bodega Garzón é a primeira adega no mundo que visa atingir a certificação LEED para todas suas instalações, desde a produção de vinho até a hospitalidade. 
Para mais informações visite www.bodegagarzon.com



terça-feira, 11 de julho de 2017

Paris Hilton lança perfume com aroma de vinho rosé

As Apreciadoras de Vinhos estão sempre ligadas quando o assunto é vinho. E como não mencionar a novidade da Paris Hilton  que utiliza o  aroma  de uma de suas bebidas favoritas em seu novo perfume :o vinho Rosé .

Rosé Rush tem o aroma de vinho rosé  e remete a notas de pétalas de rosa, néroli, lichia, mamão, âmbar e cedro.

Humm... deve ser maravilhoso!

segunda-feira, 10 de julho de 2017

TAVERNELLO, OS VINHOS MAIS CONSUMIDOS NA ITÁLIA, CHEGAM AO BRASIL PELA PRIMEIRA VEZ

A Importadora BEV GROUP traz ao mercado brasileiro, com exclusividade, os vinhos Tavernello Rosso Dry, Tavernello Bianco Dry e Tavernello Rosso Amabile. Vinhos genuinamente italianos, leves, com excelente preço, baixo teor alcoólico e muito fáceis de beber.



Um agrado para o seu dia a dia, são vinhos que podem ser consumidos em qualquer ocasião e em qualquer lugar, sem compromisso. São perfeitos para o churrasco com os amigos, uma pizzada em casa e o momento da “pasta” em família.
A marca Tavernello faz parte do cotidiano das famílias italianas há mais de 30 anos e simboliza a tradição de sempre ter um bom vinho à mesa! Na Itália, são vendidos mais de 54 milhões de litros dos vinhos Tavernello por ano. Agora, pela BEV GROUP, eles podem estar à mesa da sua casa também.
Criada em 1983, a Tavernello é a marca emblemática e mais importante do Grupo Caviro - principal cooperativa italiana de vinhos, com 32 vinícolas parceiras e mais de 13.000 produtores de vinho – conhecida mundialmente por seu know-how em produzir vinhos que atendem a padrões altos a preços competitivos. Sua popularidade atinge os principais mercados do globo, como Alemanha, Reino Unido, EUA, China, Japão e Rússia.

Os vinhos preferidos da Itália podem ser encontrados nas gôndolas dos principais supermercados de todo o Brasil pelo valor médio de R$ 36,00.

Importadora BEV GROUP
www.bevgroup.com.br
contato@bevgroup.com.br
(11) 3121-4207
www.instagram.com/tavernelloitalianwine 

gabriela@temaassessoria.com.br
Tema Assessoria de Comunicação


domingo, 9 de julho de 2017

Lapostolle :Le Rosé 2016 e Cuvée Alexandre By Lapostolle / Importadora Mistral


 Vinho Le Rosé by Lapostolle:
Seleção das uvas 56%Cinsault,25% Syrah, Grenache e Mourvèdre 7%;
Produção:40% Lapostolle Las Kuras Vineyard in Cachapoal;30% Loapostolle Apalta Vineyard in Colchagua and 30% produtores.
Fermentação:100% tanques de aço;
Data do engarrafamento: 28 de junho à 6 de Julho de 2016.
Notas de teste:cor(limão limpo e salmão); nariz(nota de floral, frutas, damasco).
Degustamos o vinho com comida libanesa:esfirra de chanclich, homus, coalhada, pão sírio e tabule  e de sobremesa  ataif de nozes.
Também degustamos com ninho de figo e ninho de pistache.
Vinho excelente e aprovado pelas Apreciadoras de Vinhos!!
Caso quiser relembrar nossa visita a Lapostolle, acesse:http://apreciadorasdevinhos.blogspot.com.br/2017/06/lapostolle-importadora-mistral.html



                           Vinho Cuvée Alexandre Merlot 2014 feito com uvas organicas.
Região: Apalta Vineyard, Valle de Colchagua, Chile;
Uvas:87%merlot e 13 % Carmenère;
Gestão de Vinhas: Orgânico e Biodinâmico certificado pela CERES  e DEMETER;
100% da mistura em 225 L  em carvalho francês por 13 meses.

Algumas pontuações e prêmios:
Wine Spectator:            
2005- 91 pontos
2006-90 pontos
2007-89 pontos
2008-87 pontos
2009-90 pontos
2010-88 pontos

Wine Enthusiast:
2005: 91 pontos
2006:90 pontos
2007:91 pontos
2008:91 pontos
2009:88 pontos
2011:87 pontos
2012:92 pontos

Descorchados:
2012: 90 pontos
2013:92 pontos

Organic Wines from Chile:2011( Gold Medal)

International Wine Cellar - 2007- 90 pontos

Com todas essas pontuações nem precisamos dizer o quanto esse vinho é maravilhoso!Aqui degustamos com um risoto de pinhão.

Tim Tim  e até a próxima postagem!!!

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Mega Degustação Offer Importados

 As Apreciadoras de Vinhos participaram por mais um ano da Mega Degustação Offer Importados e só temos elogios ao Ricardo Baldarena e a  equipe da Offer Importados pela linda decoração, boa comida e ótimos vinhos de Importadoras renomadas.
O evento ocorreu ontem à noite no Clube de Campo em Mogi das Cruzes, São Paulo, então vamos aos registros:





video

1-Importadora Casa Flora

                                             Vinho Pipoli Greco Fiano: Uvas Greco e Fiano; aroma de frutas de polpa branca





                                             Vinho Luma:uva(grillo), vinho branco seco


Vinho Micina:uva(Nerello Macalese)




                                                 Vinho  Old Vines:Uva (Primitivo), amadurecimento 6 meses em Barrica de carvalho francê, olfativo( frutas negras como ameixa).






2-Importadora Via Vini


                                               
Vinho Castiglion del Bosco:uva(Sangiovese),região Toscana

Vinho II Burchino:uvas (cabernet sauvignon, merlot e sangiovese), região da Toscana.


 Vinho Valpolicella Ripasso:Uvas(Corvina, corvinone, oseleta e Rondinella),região Veneto.

 Vinho La Bollina:Uva Barbera,região Piemonte


3-Importadora Ravin

 Vinho Barda:uva(Pinot Noir), 12 meses em Barrica de Carvalho Francês.

Vinho Caballo Loco:uva(cabernet sauvignon, malbec,carmenere,merlot e cabernet Franc),região (Vale do Maipo).18 meses em barrica de carvalho francês.



                               Vinho Mainqué:Uvas(Merlot), 24 meses em barrica de carvalho.



            Vinho Zuccardi Malbec:uva(Malbec), origem( Argentina),10 meses em carvalho.

4- Importadora Cantu

 Vinho Sutter Home Rosé:uva(Zinfandel),região da Califórnia.

Com Giuliano e Auro da Offer Importados

Vinho da renomada Suzana Balbo(Tradición):uva Malbec.


Vinho Ménage à Troir:3 uvas (Merlot, cabernet sauvignon e petit verdot), origem Califórnia.


5-Casa Valduga

 Vinho Identidade:12 meses em Carvalho Francês; uvas(Arinarnoa,Marcelan e Merlot)
 Nero Rosé: Uvas(Chardonnay e Pinot Noir),aroma de frutas vermelhas morango e framboesa.
130 Casa Valduga- Brut Blanc de Blanc:36 meses de autólise em cave,uva Chardonnay.












6-La Pastina

 Vinho Cono Sur 20 Barrels; uva (Cabernet Sauvignon), frutas vermelhas e notas de ameixa; origem Chile.
Vinho 19 dal 47: uva(Primitivo),Região Puglia, madeira 10 meses.