SEJA BEM VINDO

SEJA BEM VINDO

sábado, 31 de dezembro de 2016

Champagne Perrier Jouet para brindar o ano



Hoje iremos falar sobre o champagne Perrier Jouet, bebida que foi escolhida para as Apreciadoras de Vinhos brindarem 2016/2017, um champagne especial merece uma postagem especial.

A composição do champagne Perrier Grand Brut tem  a estrutura de Pinot Noir dos terroirs Grand e Premier Cru de Mailly, Verzy, Aÿ e Rilly-la Montagne.Nobres e sutis, estas Pinot Noirs demonstram o afrutado das encantadoras e generosas Meuniers do Terroir de Dizy, Damery o Venteuil e inclusive de Vincelles y Vinay. Por último, as Chardonnays dos Grand Crus de Cramant, Avize, Le Mesnil e Chouilly - qualidade completa 20% do assemblage, apontando um toque extra de frescor e mineralidade.

As garrafas guardam 3 anos em cavas de tiza da casa, situadas sob a avenida de Champagne.

Vista: Amarelo claro e luminoso, evocador de sua vivacidade;
Nariz: delicado, elegante e equilibrado. Sua frescura e vivacidade se encontra em fragrância florais e frutadas(frutas amarelas e frescas), nota de vanilla.
No inicio notas de limão e bergamota. Notas persistentes de peras verdes, pêssego.

Um pouco sobre o Champagne: 

Vamos contar um pouco sobre Perrier Jouet:fruto do casamento de Pierre Nicolas Merie Perrier e Adèle Jouët e diz a lenda, uma grande paixão entre as plantações da região de Champagne na França, a Maison Perrier-Jouet foi fundada em 1811.
Situada na cidade de Éperney a casa logo ficou conhecida por ser uma das primeiras a exportar o borbulhante e incomparável vinho para outras localidades, tornando-se inclusive fornecedora oficial da rainha Vitória em meados do século XIX.

Em 1825, os viticultores da casa francesa Perrier Jouet produziram uma seleção de uvas pinot noir, chardonnay e pinot meunier que deram origem a um champagne único no mundo.

Curiosidade sobre a garrafa:

Uma interessante menção é a beleza dessas garrafas que são floridas, a primeira garrafa desenhada foi feita por Emile Gallé em 1902. O mestre dos moldes em vidros Emile Gallé projetou um requintado espiral de anêmolas japonesas brancas para Perrier Jouët. Esta obra ilustrou o espirito do movimento Art Nouveau, acrescentando poesia em objetos do cotidiano.


Fotos dos desenhos retiradas do site :http://jojoscope.com/2012/09/perrier-jouet-e-a-ponte-franca-japao/

Com a elegância e vitalidade da primavera, as anêmolas prestou homenagem a arte japonesa e inspirou na força primordial da natureza. Linhas e formas orgânicas, caules e folhas entrecruzadas- este trabalho tornou-se o emblema da Cuvvée Belle Époque e por extensão, a imagem icônica de uma Maison de champagne reconhecida no mundo inteiro por suas ligações com o mundo da arte.

A responsável pela marca no Brasil é a Pernod Ricard. Fabyola Soares é a sommelier e embaixadora da Perrier Jouet no Brasil.

Tim Tim e que o novo ano que esta começando seja repleto de saúde, felicidade, prosperidade, amor, fartura e que todos nós tenhamos sempre um bom motivo para brindar!!




sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Dicas de Verão das Apreciadoras de Vinhos!


Foto: Apreciadoras de Vinhos

Que tal curtir o verão com boa bebida e dicas deliciosas, então a dica  é comprar picolé do sabor de sua preferência e colocar um pouco de Cava ...fica uma delícia, aqui utilizamos picolés da Nestlé de manga e de morango, opte por picolés de frutas, pois eles combinarão mais com o delicado sabor do cava.
E não se  esqueça de arrumar os aperitivos, afinal eles complementarão sua bebida.Um dica é a coalhada do restaurante Saj que está a venda na rede do grupo Pão de Açúcar. A marca Saj que tem restaurantes na Vila Madalena e no Morumbi em São Paulo é de alta qualidade e tem renome na culinária libanesa, então no mercado você pode encontrar homus, babaganuche, dentre outras delícias.
Frutas e castanhas, damascos, morangos frescos também sempre são bem vindos com um cava. É só criar e se deliciar.


                                               Foto:Lambrusco Cella

A outra dica é um drink  que o lambrusco Cella disponibilizou e tem tudo haver com a chegada do novo ano, que é : misturar lambrusco cella, rodelas de limão, gelo e sementes de romã.

Acompanhe nossas dicas de verão e tim tim!!

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Clássico Codorniú

Importadora no Brasil:Interfood

Que tal curtir na piscina um cava geladinho, pois bem todo cava é originário da Espanha.Cava também é uma denominação de origem, em zonas geográficas autorizadas, que pela legislação atual correspondem a 160 municípios da Espanha.Para esses espumantes o método de elaboração é necessariamente o champenoise, o mesmo da região francesa de Champagne, em que a segunda fermentação ocorre na própria garrafa.No cava normalmente usa uvas como Parrelada, Xare-lo e Macabeo.

Fique atento para não confundir os termos, pois champagne somente é o elaborado na região de Champagne na França, espumantes espanhóis com as especificações acima são cavas, Proseccos são de origem italiana...esses são alguns conceitos básicos que são usados erroneamente no dia dia, então fica a dica para  quem não sabe ir conhecendo e quem sabe ir trocando informações conosco.
A marca Codorniú é bem conhecida e tradicional, então se  você comprar  pode ter certeza que gostará.
Aprovado pelas Apreciadoras de Vinhos, inclusive já falamos várias vezes  em outras publicações.


CLASICO BRUT 
Região: D.O. Cava
Composição: Xarel.lo, Macabeo e Parellada
NOTAS DE DEGUSTAÇÃO: Cor: Amarelo palha com reflexos esverdeados.
Aroma: Frutas frescas como maça, notas cítricas e um toque tostado. Paladar: Frutado, macio e refrescante. Corpo: Leve-Médio.

CLASICO SEMI-SECO
Região: D.O. Cava Composição: Xarel.lo e Macabeo e Parellada.
NOTAS DE DEGUSTAÇÃO:
 Cor: Amarelo palha com reflexos esverdeados.
 Aroma: Frutas brancas maduras, notas cítricas e um leve tostado. Paladar: Macio, frutado, refrescante e ligeiramente adocicado.
 Corpo: Leve-Médio.

CLASICO ROSADO
Região: D.O. Cava Composição: Monastrell, Garnacha e Trepat.
NOTAS DE DEGUSTAÇÃO: Cor: Rosa avermelhado e brilhante. Aroma: Frutas vermelhas e cítricas, e um toque tostado. Paladar: Frutado e refrescante. Corpo: Leve-Médio.


Informações sobre CODORNÍU :
1551 Jaume Codorníu inicia a produção de vinhos; 1659 Anna Codorníu se casa com Miguel Raventós; 1872 Joseph Raventós elabora a primeira garrafa de cava seguindo o método tradicional; 1984 Nasce Anna de Codorniu, o primeiro Cava feita com a uva Chardonnay; 2001 Codorniu comemora seu 450˚ aniversário e lança o primeiro Cava rose, feito 100% com a uva Pinot Noir; O Grupo Codorniu é o pioneiro na produção de Cava com mais de 3000ha de vinhedos próprios.

Informações técnicas :Interfood

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Sala Vip : Dicas da carta de Drinks, Espumantes e Champagnes


Nós estamos passando as dicas de Verão das Apreciadoras de Vinhos, então vamos começar ...
Gosta de pizza de qualidade e quer curtir acompanhado ou em família um lugar bacana,  gostoso e com uma ótima carta de drinks, espumantes e champagnes, então  a escolha certeira para quem está no Guarujá ( litoral sul de São Paulo) é escolher a Sala Vip que fica no Hotel Jequitimar. O local tem ar condicionado na parte interior e uma área externa ao ar livre bem agradável.
A dica de pizza é a  de "tomates pelados" com: mussarela de búfala, tomates pelados, parmesão, alho dourado, manjericão e azeitonas pretas.
Agora quanto a carta de bebidas( drinks, espumantes e champanhes), segue algumas dicas que com certeza você irá adorar:

Champagnes: 

Veuve Cliquot Brut e Veuve Clicquot Demi Sec 

Espumantes:

França:Blanc des Blancs Comte D'ormont
Itália: Lambrusco Cavicchioli e Prosecco Casal del Ronco

Drinks:

Aperol Spritz( aperol, espumante e uma rodela de laranja);

Clericot(vinho branco com frutas da época. Uma jarra serve 4 pessoas;

Espanhola(vinho tinto, suco de abacaxi e leite condensado);

Kir Royal(Vinho espumante e licor de cassis);

Quer saber um pouco da história do grupo Sala Vip:

O grupo teve início em 1992 quando em uma tímida esquina do bairro do ipiranga, o casal Sandra Delbosque e Nico Gonçalves inaugurou a primeira unidade da rede. A casa dispunha de apenas 50 lugares e já no primeiro dia foi um sucesso.
A fidelidade e carinho dos clientes fez crescer o negócio e no primeiro ano de existência a sala Vip tornou-se ponto de encontro obrigatório no bairro( obs: por incrível coincidência, as Apreciadoras de Vinhos moraram por anos no Ipiranga e tivemos a oportunidade de conhecer o estabelecimento que foi expandindo no decorrer dos anos pela qualidade e tradição).

No decorrer anos depois de inaugurada a casa foi ampliada e hoje conta com lindos jardins, varandas, imponente bar com pé direito duplo e adega climatizada.

Em 1995 foi inaugurada a primeira filial na cidade de São Caetano do Sul, já em 1997 foi construída a charmosa filial com salão e delivery no bairro Moema.
No ano 2000 o casal decidiu inovar e inaugurou a primeira chopperia de primeira no Ipiranga. Nos anos seguintes a Sla Vip atingiu bairros como Aclimação, São Bernardo do Campo, Jardins e desceu a serra até o Guarujá, onde se instalou dentro do glamoroso Hotel Jequitimar.

Esperamos que tenham gostado da dica e fiquem acompanhando nossa página que estaremos direto postando dicas de verão para você curtir seu drink, espumante, champagne. Tim Tim!

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Um brinde de verão com Espumante Martini Rosé




No decorrer do verão vamos postar dicas de espumantes, vinhos, drinks, champagnes, cavas e dicas para curtir seu verão em grande estilo.
Esse espumante esta aprovado, ele já faz parte das nossas garrafas habituais.
Já fizemos uma postagem sobre ele, então Tim Tim..e acaso quiser relembrar um pouco  sobre o espumante ou drinks  legais para o verão com Martini:

http://apreciadorasdevinhos.blogspot.com.br/2016/11/melhores-momentos-terrazza-martini-de-f1.html

domingo, 25 de dezembro de 2016

Obrigada queridos leitores!Boas festas!!

Hoje ficamos no top 1 dos mais lidos na Enoblogs com a postagem "Feliz Natal" ...obrigada a todos vocês e boas festas!!

sábado, 24 de dezembro de 2016

Feliz Natal !



As Apreciadoras de Vinhos desejam a todos um Feliz Natal!
O brinde da vez foi com o espumante Riccadonna que é uma das marcas históricas do Grupo Campari.
Fundada em 1921 em Canelli, província de Asti, a apartir da iniciativa de Ottavio Riccadonna que começou a produzir vinhos Piemonte e vermute.
A gama de vinhos espumantes italianos secos e doces qualitativos traz um toque do brilho e da sofisticação para qualquer ocasião.
Os principais mercados de Riccadonna são Ásia -Pacífico e América do Sul.
Informações: espumante branco suave Italiano;
Uvas 100% moscatel; aroma de flores, frutas brancas e mel;
Sabor :suave, cremoso e refrescante.

Fotos de Natal :Arnaldo Avila Junior



quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Espumante Chanson Royale

A rede Pão de Açúcar esta importando com exclusividade um espumante do sul da França, bem estilo do verão, a garrafa é um encanto, bem florida e delicada.
Chanson Royale nas versões Brut e Rosé são fabricados  pela Les Vin Breban . Uma dica das Apreciadoras de Vinhos é gelar esse espumante e  colocar uns aperitivos, como queijo brie com mel e se deliciar  curtindo uma piscina e o calorzinho do verão.

Obrigada leitores

Essa semana ficamos no top 1 dos mais visualizados com o vinho Ermelinda Freitas. Tim Tim e obrigada queridos leitores!

domingo, 18 de dezembro de 2016

Vinho Ermelinda Freitas e um toque de criatividade para curtir à tarde




                                                          http://www.ermelindafreitas.pt/

Vinho Branco Ermelinda Freitas:
Casa Ermelinda Freitas, estabelecida em 1920, situa-se no sul de Portugal, na Península de Setúbal(zona de grande tradição vitivinícola) Elaborado a partir das castas :Fernão Pires, Arinto, Antão Vaz e Chardonnay.
Apresenta-se um vinho refrescante, moderno e elegante. Acompanha bem todos os pratos de carne branca, peixes e saladas.
Consumir de preferência temperatura de 10 a 12 graus.
Guardar pelo período de no máximo 03 anos.

Sobre a Casa Ermelinda Freitas:A  empresa, iniciada em 1920 por Deonilde Freitas, continuada por Germana Freitas e mais tarde por Ermelinda Freitas, sempre dedicou especial atenção ao vinho. Pelo desaparecimento precoce do seu marido, Manuel João de Freitas, Ermelinda deu continuidade à empresa com colaboração de sua filha única, Leonor, que embora com formação fora da área vitivinícola, tomou a liderança da empresa reforçando assim a presença feminina na sua gestão.

Nós demos um charme ao jantar com o detalhe das tulipas, ideia da chef  Renata Kelly que é gastrônoma de formação/ Unicesumar Londrina/ Le Cordon Bleu Paris,L'art est d'alinger la technique et la créativé.
A ideia dela que utilizamos foi utilizar cebolinha, tomates cereja e cream cheese para fazer uma decoração com tulipas...ficou lindo!!!

O drink foi elaborado : misturar o Kiwi picado com o vinho e com um pilão bater para a fruta misturar a bebida.

Esse vinho esta aprovado e você pode tomar  com a dica do drink ou puro, bem geladinho...fica ótimo.

Esperamos que tenham gostado das dicas!Tim Tim



sábado, 17 de dezembro de 2016

Pizza Amalfitana com drink de vinho e lichia


Pizza Amalfitana receita de Gennaro Cannone, da rede carioca Alessandro & Frederico.
Nós seguimos a dica da pizza Amalfitana que substitui o molho de tomate por creme de abóbora. Na receita usamos abóbora moranga, que cozinhamos e amassamos com pimenta moída e sal do Himalaia.
A receita é simples, mas o ponto da massa é questão de prática. O recheio vai: abóbora, mussarela de búfala, shimeji e porcini.
Como dissemos colocamos o purê de abóbora, depois rodelas de mussarela de búfala e o shimeji com o porcini que foram fritos no azeite e no alho, por fim acrescentamos cebolinha.
Quanto a massa: 1kg de farinha, 1/2 litro de água, 10 ml de óleo, 5 gramas de sal, 5 gramas  de fermento.Misturar e deixar a massa descansar por 30 minutos, abrir a massa e deixar as bordas mais grossas.Colocar os recheios e colocar no forno.
Aqui não usamos forno a lenha, por isso ficou um leve dourado.

De drink: misturar vinho rosé, com uma canela em pau e pedaços de lichia. O sabor irá te surpreender.

A pizza e o drink foram fora do habitual, então como o objetivo da página é sempre novos sabores e novas sensações...fica a dica!

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Patê de pistache, mel e brie com Vinho Estiba I Tempranillo Rosado - Bodegas Esmeralda


Importadora:Mistral
Produtor:Bodegas Esmeralda;
País:Argentina;
Região Mendonza;
Safra:2015;
Uva:100% tempranillo.
Cultivada em Agrelo;
Cor: Vermelho cereja de baixa intensidade.No nariz apresenta aroma de frutas frescas como framboesa, frutas com notas cítricas.
Na boca é doce e equilibrado, apresenta frescura.
Acompanha: frutos do mar, queijos e saladas.

Para acompanhar, aderimos um delicioso patê que compramos no St Marche no Shopping Higienópolis São Paulo. O patê tem pistache, Brie e Mel...é de comer rezando.

Vinho recomendado pelas Apreciadoras de Vinhos!Tim Tim!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Rio de Janeiro: Melhores dicas para novos sabores e novas sensações na cidade maravilhosa

Que tal conhecer o Rio de Janeiro desfrutando as diversas atrações  da cidade maravilhosa? Nós que adoramos descobrir novos sabores e novas sensações, sempre brindando a vida e o prazer de saborear cada momento, iremos dividir com vocês os nossos melhores momentos e dicas, pois o que é bom merece ser compartilhado.
Segue nossa postagem feita com muito carinho ao Rio de Janeiro e a você leitor:

 Othon Rio Palace Copacabana :

No quarto :Delicioso espumante Martini  Extra Brut com vista para o Forte de Copacabana com luzes em verde e amarelo.

O restaurante Skylab fica no 30 andar  do hotel Rio Othon  Palace Copacabana e tem uma vista incrível




Foto com Chef JeanYves Poirey : formado pela escola hoteleira Thonon-Les -Bains. Nasceu na Argélia Francesa e criado nos Alpes.







Foto: Entrada e Delicioso Linguado com alho Poró e  Vinho do Porto acompanhados de Purê de Baroa.

                                                      






Forte de Copacabana(uma das mais belas vistas do Rio de Janeiro):
Confeitaria Colombo do Forte de Copacabana: tradição e qualidade..uma delícia. 

Doce: Pastel de avelã com sorvete de creme  e calda de framboesa





                                                           Passeios:
Bondinho Pão de Açúcar



                                                     AquaRio:Maior aquário da América do Sul..da para interagir e tirar fotos incríveis!


Museu do Amanhã: Elaborado pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava o lugar é incrível e você sairá de lá encantado e irá refletir muito sobre a natureza e o planeta!




Foto Rei e Rainha do Mar em Copacabana com a presença de diversos países



E por fim um dos especiais motivos para nossa ida ao Rio de Janeiro...formatura de medicina na Barra da Tijuca de uma das minhas amigas..tim tim !!

 Rio de Janeiro é apaixonante e definitivamente é uma cidade maravilhosa...não poderia as Apreciadoras de Vinhos deixar de registrar e dividir com vocês leitores nossos melhores momentos!
Tim Tim e até a próxima postagem!!

domingo, 4 de dezembro de 2016

Espumante ConchayToro com Lichia :Dica de verão das Apreciadoras de Vinhos


Olá,  queridos  leitores.Hoje  uma dica para o verão. ..bater no liquidificador  espumante e lichia.Nós  escolhemos o espumante  Brut  ConchayToro  que tem as uvas: chardonnay, riesling e chenin Blanc. Amadurecimento: método Charmat com 2 meses  em tanque  de inox.
Aroma:frutas  cítricas,  nota de figo em seu aroma, sabor de pêra e limão.
Para acompanhar  fizemos  um salmão  na folha de bananeira, batatas ao murro e vinagrete de palmito.
A dica do vinagrete de palmito  é picar em pedacinhos:tomate, cebolinhas , cebola e palmito, acrescentar vinagre balsâmico, sal do Himalaia e azeite...colocar na geladeira de depois de uns 15 minutos servirnpara acompanhar o peixe.
Por fim fizemos um mousse de manga light: bater no liquidificador  1 manga, 2 iogurtes natural e o suco  de 1 laranja (opcional colocar  açúcar ou adoçante ). Colocar  raspas de laranja e deixar na geladeira por 1 hora.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Vinho Cister da Ribeira -Douro, Portugal

                                          Vinho Cister da Ribeira - Douro - 2014 - vinho tinto:
A antiga tradição de produzir vinhos pelos Monges de Cister, cuja presença nas terras de Ventozelo é conhecida pelo menos desde o séc. XIII, inspirou este vinho Cister da Ribeira.É um blend de castas autóctones de Ventozelo, onde predominam Tinto Cão, Tinta Amarela e Tinta Roriz. Acompanha  carnes, queijos ou peixes gordos.
Produtor:Quinta de Ventozelo /Portugal

Sobre a Quinta de Ventozelos:É uma das maiores e mais antigas propriedades da Região Demarcada do Douro. As suas origens remontam ao início do século XIX, antes de ser referenciada no mapa do Barão de Forrester, em 1848. As primeiras colheitas terão sido feitas pelos monges de Cister, que povoaram a região, durante a Idade Média, desempenhando um papel importante no fomento da agricultura local.

Vinho aprovado pelas Apreciadoras de Vinhos.