SEJA BEM VINDO

SEJA BEM VINDO

domingo, 31 de agosto de 2014

Diferença de champagne, espumante, prosecco e cavas




Champagne esta no topo desta pirâmide, só pode carregar o nome de champagne aquele espumante produzido na região de Champagne  na França.
O champagne é composto não só por uvas brancas, mas também por uvas tintas.As únicas tintas permitidas são a pinot noir e pinot maunier, das brancas somente as chardonnay.
Outra marca importante do champagne é a diferença, quanto a fermentação, todo vinho espumante sofre 2 fermentações naturais, no champagne a segunda fermentação ocorre na garrafa método champenoise.
Para se obter uma segunda fermentação é adicionada uma mistura de vinho base com levedura e açúcar que é conhecido como licor de tiragem.
Após esta fase de  fermentação e envelhecimento nas próprias garrafas elas são postas de cabeça, para baixo, este processo pode durar 20 dias, e as garrafas são giradas 1/4 de volta uma a uma todos os dias(remoagem) para que as impurezas fiquem no gargalo, onde serão removidas por outro processo posterior de congelamento do pescoço da garrafa, expulsando finalmente os sedimentos acumulados.




Cava é o nome do espumante da Espanha, elaborado pelo método tradicional o champenoise. As uvas não são utilizadas para fabricação do champagne, mas próprias daquele país.As uvas são macabel, viúra, parellada e xare-lo.
Ela também se diferencia do champagne pelo tempo de envelhecimento e pela ausência de açúcas antes da segunda fermentação.As uvas espanholas são mais doces que as francesas, por isso desnecessário o açúcar.
As cavas mais populares são Córdão Negro, Carta Nevada ambas da Freixenet; Cordoniu.




Prosecco  é originalmente produzido na Itália, a partir da uva prosecco, apesar de ter muitos proseccos nacionais.
Diferencialmente das champagnes e das Cavas, os Proseccos são elaborados pelo método charmate . Onde a segunda fermentação ocorre em grandes tanques de aço inox e não na própria garrafa.


Espumante  é o nome genérico dado a todos os vinhos com 2 fermentações. A segunda fermentação ocorre tanto na garrafa, quanto no tanque de inox.
No Brasil  a região Sul lidera a produção de tal vinho, utilizando-se das uvas chardonnay(brancas), pinot noir(as tintas).É comum também a utilização da cepa riesling que adaptou muito bem a região.

                                      foto:http://www.telhadosdeparis.com.br/blog/